Bolsonaro diz que maioridade penal deveria cair para 14 anos

30/10/2018

LEI

O presidente eleito também relativizou a censura na ditadura: Bolsonaro diz que maioridade penal deveria cair para 14 anos

© Getty Images Bolsonaro diz que maioridade penal deveria cair para 14 anos

Em entrevista ao Jornal da Band, o presidente eleito Jair Bolsonaro disse que vai lutar pela redução da maioridade penal no Brasil. E que, por ele, deveria ser reduzida para 14 anos -o projeto que tramita no Congresso estipula a idade em 16 anos.

"Se não for possível para 16, que seja para 17 [anos]. Por mim seria para 14, mas aí dificilmente seria aprovada. Pode ter certeza que reduzindo a maioridade penal, a violência no Brasil tende a diminuir", afirmou.

Bolsonaro também falou de seu plano para a Educação, que considera "o ministério mais importante".

"Vamos deixar de lado a filosofia de Paulo Freire e que seja um grande profissional", afirmou, ao prometer uma indicação técnica para a pasta.

Questionado sobre a ditadura militar, o capitão reformado disse que a população brasileira está começando a entender que "não houve ditadura", e relativizou a censura a meios de comunicação na época.

"O período militar não foi ditadura", disse. Com informações da Folhapress.

Comente

Bolsonaro e aliados se reúnem hoje para definir 50 nomes à transição

30/10/2018

Presidencia

Jair Bolsonador, eleito presidente do Brasil: Bolsonaro eleito presidente: Os desafios são grandes, mas analistas esperam um governo reformista e liberal

© Reuters Bolsonaro eleito presidente: Os desafios são grandes, mas analistas esperam um governo reformista e liberal

 O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir nesta terça-feira, 30, no Rio de Janeiro, com seus aliados para definir os nomes da equipe de transição. Conforme uma lei criada em 2002, que trata do processo de passagem de um governo para outro, o presidente eleito poderá indicar 50 integrantes para a equipe de transição, que podem receber salários de até 16.000 reais.

Devem participar do encontro o economista Paulo Guedes, anunciado como Ministro da Fazenda, e o deputado federal Onyx Lorenzoni, que chefiará a Casa Civil, e é o coordenador da equipe de transição. É esperada também a presença de Gustavo Bebiano, ex-presidente do PSL, e do vice-presidente, general Mourão – além dos três filhos do presidente, o vereador Carlos, o senador eleito Flávio e o deputado reeleito Eduardo.

Em entrevistas a emissoras de televisão, Bolsonaro disse que pretende convidar o juiz Sergio Moro para ocupar o cargo de Ministro da Justiça, ou mesmo indicá-lo ao Supremo Tribunal Federal. “Se tivesse falado isso lá atrás, durante a campanha, soaria oportunista, mas agora sim: pretendo, sim (convidar Moro), não só para o Supremo, mas quem sabe para o Ministério da Justiça. Pretendo conversar previamente com ele. Com toda certeza será uma pessoa de extrema importância (no governo)”, disse Bolsonaro na noite de segunda, 29, em sua primeira entrevista após a eleição, para a TV Record.

A expectativa é de que os nomes que irão compor a linha de frente do governo Bolsonaro devem ser anunciados nos próximos 30 dias. Antes disso, porém, será necessário definir o tamanho desse governo. Ao longo da campanha, Bolsonaro afirmava que cortaria o número de pastas, permanecendo assim 15. A fusão do Ministério da Agricultura com o do Meio Ambiente, amplamente anunciada, já deu para trás por pressão dos próprios ruralistas. Dos atuais 29 ministérios, 19 devem permanecer.

Comente

PF identifica mulher com faca na festa de Bolsonaro

30/10/2018

FACA

A PF identificou a mulher vista com uma faca durante a festa da vitória de Jair Bolsonaro.

Diz o Estadão:

“Flagrada por câmeras de TV retirando a faca da bolsa, ela disse pelo Instagram ser apoiadora do presidente eleito e ter levado o objeto ‘para se defender’ caso fosse atacada por ‘algum maluco’”.

Com Estadão e O Antagonista

Comente

Trump vê possibilidade de acordo comercial com governo Bolsonaro

30/10/2018

Eleições 2018

Reprodução: Twitter

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou, em entrevista veiculada na noite de segunda-feira (30/10), pela rede Fox News, que existe a possibilidade de um acordo comercial com o Brasil, em uma futura gestão do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Durante a entrevista, o presidente norte-americano foi questionado sobre o telefonema com o político brasileiro. “Foi ótimo, tivemos uma ótima conversa por telefone”, comentou Trump.

Perguntado sobre a possibilidade de um acordo comercial, respondeu: “Sim, eu poderia ver isso acontecer”, declarou.

Ao mesmo tempo, Trump voltou a questionar o comportamento brasileiro na área comercial. “O Brasil tem nos tratado de modo muito duro porque eles cobram tarifas muito grandes. O Brasil tem sido muito duro. Então, poderemos resolver isso”, afirmou.

Trump ainda disse ter falado a Bolsonaro que “fica honrado” com o fato de que o presidente eleito do país seja qualificado por alguns como o “Trump brasileiro”.

Metrópoles e Agência Estado

Comente

Qual é o salário de um Presidente do Brasil? E os outros benefícios?

30/10/2018

Eleições 2018

(Erlon Silva – TRI Digital/Getty Images)

O salário bruto é de R$ 27.841,33 mensais. Como os descontos de IR e INSS, isso cai para um pouco menos de R$ 20 mil líquidos. Até 2016, o valor era maior: R$ 30.934,70 mensais, até Michel Temer reduzir todos os salários do primeiro escalão do governo, incluindo o dele próprio, em 10%.

Mas pode ficar tranquilo que isso não diminuiu o padrão de vida dele. Se os nossos chefes de estado deixassem de receber salário, eles não perceberiam. Para começar, o Palácio da Alvorada tem 7.300 metros quadrados de área construída, mais um “quintal” equivalente a 56 campos de futebol, com direito a piscina gigante e espelho d’água. Essa é a residência oficial. O Presidente ainda conta com a Granja do Torto, uma fazendinha do tamanho de 40 campos de futebol para passar os finais de semana. As duas residências contam com cerca de 200 funcionários, entre camareiras, mordomos, cozinheiros, vigias, jardineiros e administradores em geral.

Se a média salarial desses empregados for de R$ 3 mil por mês (numa estimativa baixa), temos R$ 600 mil mensais só em mimos domésticos. Temer, por exemplo, conta com quatro camareiras com função de lavar, passar e dobrar suas roupas. Para a faxina, há outros empregados.

Ou seja: o salário pode até ser terráqueo (um presidente de empresa grande ganha fácil mais de R$ 1 milhão por mês). Mas os luxos não são deste mundo.

Até o “ticket restaurante” do Presidente é infinito. As prestações oficiais de contas indicam gastos na ordem de R$ 60 mil mensais com comida – já que o Presidente paga o champagne e o presunto cru dos convidados. Os cozinheiros ficam disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana.

Fora isso, não é que um presidente conta com carro oficial, é que ele passa todo o mandato sem ter de abrir a porta do carro. Não é que um Presidente tem avião particular. É que ele faz o que quiser dentro do avião particular. Temer consome 40 potinhos de Häagen-Dazs por mês dentro do avião presidencial, totalizando R$ 625. Quase um salário mínimo só em sorvete dentro do avião. E ainda tem Chicabon (sério). Dilma, que também não dispensava os sorvetes de primeira linha, gastava milhões de reais em combustível extra, exigindo que os pilotos só fizessem rotas que não passassem por turbulência.

Na viagem à África do Sul para o funeral de Nelson Mandela, que reuniu todos os ex-presidentes vivos num único avião, Sarney estranhou o fato de a aeronave estar voando para o norte, quando a África fica ao leste. Dilma exigira a mudança de rota. Um voo particular intercontinental de ida e volta, para milionários comuns, filhos de Deus, custa meio milhão de reais. Com turbulência.

Somando tudo, um Presidente da República tem basicamente os mesmos luxos dos monarcas que habitavam o Palácio de Versalhes – mais a aviação particular e os outros mimos do século 21. E tudo isso torna absolutamente insignificante o salário de… De quanto mesmo?

Blog Oráculo – Super Interessante

Comente

Justiça obriga Alcanorte a manter funcionamento de adutora que abastece Macau, Guamaré e região

30/10/2018

ÁGUA

FOTO: CAERN/ASSECOM

O abastecimento das cidades de Macau, Guamaré e região depende do funcionamento da Adutora Pendências-Macau, equipamento pertencente à Alcanorte. A empresa realizou paradas inadvertidas da adutora, com duração de 69 horas, o que vem prejudicando o abastecimento da população.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) é usuária do equipamento e tem feito pagamentos para utilizá-lo. A situação foi tratada na esfera judicial, por trazer prejuízos diretos para a população destes municípios.

A juíza da 1ª vara da comarca de Macau, Cristiany Vasconcelos Batista, reconhecendo a gravidade da situação e dos transtornos provocados nestes municípios deferiu “a tutela antecipada pleiteada e, em consequência, determino a ré que se abstenha de praticar atos que acarretem a suspensão do abastecimento de água da região de Macau e Guamaré, em razão discordância com os termos do contrato firmado com a parte autora, sob pena de ser autorizada a imissão da CAERN na posse para que ela passe a operar o sistema”, além de multa de R$ 2.000 por dia que fique sem operar.

Diante da decisão, publicada nesta sexta-feira (26), a Companhia espera sanar a situação de abastecimento da região o mais breve possível.

Comente

Bolsonaro só venceu Haddad em 3 cidades do Rio Grande do Norte no 2° turno

30/10/2018

Eleito com 55,13% dos votos válidos em todo o País, Jair Bolsonaro só ficou à frente de Fernando Haddad no RN em Natal, Parnamirim e Carnaúba dos Dantas

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), adversários no 2° turno presidencia

 

Derrotado por Fernando Haddad (PT) em todos os estados da região Nordeste – além de Pará e Tocantins, no Norte -, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) só venceu em 3 das 167 cidades do Rio Grande do Norte no segundo turno das eleições presidenciais. Eleito com 55,13% dos votos válidos em todo o País, Bolsonaro só ficou à frente de Haddad no RN em Natal, Parnamirim e Carnaúba dos Dantas. No primeiro turno, Bolsonaro teve melhor desempenho no Estado: venceu em 5 cidades. Além de Natal, Parnamirim e Carnaúba dos Dantas, ele teve maioria em Mossoró e Parelhas.

Neste domingo, o melhor desempenho do presidente eleito aconteceu em Parnamirim, na Grande Natal. Na cidade, Bolsonaro teve 59,96% dos votos válidos, ou seja, 55.904 votos, contra 40,04% de Haddad (37.327). Em Natal, Bolsonaro ganhou por margem menor: 52,98% contra 47,02%, isto é, 220.770 contra 195.938 votos. Em Carnaúba dos Dantas, no Seridó, o placar foi de 50,12% a 49,88% para Bolsonaro sobre Haddad.

Fernando Haddad, hegemônico no Nordeste, venceu em 164 cidades potiguares. Proporcionalmente, suas maiores votações ocorreram nos municípios de Venha-ver e Paraná, ambos na região Oeste: 92,45% e 91,71% dos votos válidos, respectivamente.

Considerando apenas o Rio Grande do Norte, Haddad venceu com 63,41% dos votos válidos (1.131.027), contra 36,59% de Bolsonaro (652.562). Entre os eleitores que compareceram, 1,54% votou em branco (29.990) e 6,68% anularam (129.752). A abstenção foi de 18,14%, isto é, 430.383 deixaram de comparecer às urnas.

Confira o resultado nos dez maiores colégios eleitorais:

Natal – Bolsonaro 52,98% x 47,02% Haddad
Mossoró – Haddad 59,22% x 40,78%
Parnamirim – Bolsonaro 59,96% x 40,04% Haddad
São G. do Amarante – Haddad 55,7% x 44,3% Bolsonaro
Ceará-Mirim – Haddad 74,69% x 25,31% Bolsonaro
Macaíba – Haddad 63,12% x 36,88% Bolsonaro
Caicó – Haddad 64,87% x 35,13% Bolsonaro
Assu – Haddad 77,18% x 22,82% Bolsonaro
São José de Mipibu – Haddad 62,38% x 37,62% Bolsonaro
Currais Novos – Haddad 61,17% x 38,83% Bolsonaro. Fonte Agora RN.

Comente

Petrobras anuncia redução de 6,2% no preço da gasolina nas refinarias

30/10/2018

No mês, gasolina teve queda acumulada de 15,96%, já que, em 30 de setembro, o litro era negociado a R$ 2,2159, ou seja, 35 centavos a mais do que o preço que

Petrobras anunciou nesta terça-feira, 30, no Rio de Janeiro, a redução de 6,2% no preço da gasolina

 

A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 30, no Rio de Janeiro, a redução de 6,2% no preço da gasolina.

O litro do combustível passará a ser negociado a R$ 1,8623 nas refinarias da estatal a partir desta quarta-feira, 31, 12 centavos a menos do que o preço atual.

No mês, a gasolina teve uma queda de preço acumulada de 15,96%, já que, em 30 de setembro, o litro do combustível era negociado a R$ 2,2159, ou seja, 35 centavos a mais do que o preço que será aplicado a partir de amanhã.

Hoje o óleo diesel já sofreu uma redução de preço de 10,07% e passou a ser vendido a R$ 2,1228 por litro.

Comente

Desemprego cai para 11,9% e tem a menor taxa do ano, aponta IBGE

30/10/2018

Já a população ocupada somou 92,6 milhões de pessoas, um aumento de 1,5% tanto em relação ao segundo trimestre deste ano quanto em relação ao terceiro t

População desocupada ficou em 12,5 milhões, ou seja, 3,7% a menos do que no segundo trimestre deste ano

 

A taxa de desemprego ficou em 11,9% no terceiro trimestre deste ano. O índice, medido pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é inferior aos 12,4% registrados no segundo trimestre deste ano e no terceiro trimestre do ano passado.

A população desocupada ficou em 12,5 milhões, ou seja, 3,7% a menos do que no segundo trimestre deste ano e 3,6% a menos do que no terceiro trimestre de 2017.

Já a população ocupada somou 92,6 milhões de pessoas, um aumento de 1,5% tanto em relação ao segundo trimestre deste ano quanto em relação ao terceiro trimestre de 2017.

A Pnad-C também avaliou neste trimestre a taxa de subutilização da força de trabalho, que é o percentual de pessoas desocupadas, que trabalham por menos horas do que poderiam ou que estão na força de trabalho potencial.

Comparação numérica

A taxa ficou em 24,4% no terceiro trimestre deste ano, abaixo do 24,6% do trimestre anterior e relativamente estável em relação ao 23,9% do terceiro trimestre do ano passado.

A população subutilizada somou 27,3 milhões de pessoas, estável em relação ao trimestre anterior, mas 2,1% superior ao terceiro trimestre de 2017.

O número de pessoas desalentadas (aquelas que não procuram emprego porque acham que não vão conseguir) ficou em 4,8 milhões, estável em relação ao trimestre anterior e 12,6% acima do mesmo trimestre de 2017 (4,2 milhões).

Já a taxa de desalentados entre o total da força de trabalho foi de 4,3%, relativamente estável em relação ao segundo trimestre deste ano (4,4%) e acima dos 3,9% do terceiro trimestre do ano passado.

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores no terceiro trimestre ficou em R$ 2.222, estável em ambas as comparações. Também manteve estabilidade a massa de rendimento real habitual (R$ 200,7 bilhões).

Comente

Petrobras reduz preço do diesel nas refinarias em 10%

30/10/2018

Valor do litro passará dos atuais R$ 2,36 para R$ 2,12

Por Vladimir Platonow/Agência Brasil

A Petrobras reduziu o preço do diesel nas refinarias em 10,1%. O valor do litro passará dos atuais R$ 2,36 para R$ 2,12, a partir desta terça-feira (30). A informação foi divulgada em nota pela companhia nesta segunda-feira (29). O preço final ao consumidor, no entanto, dependerá da margem de lucro das distribuidoras e dos postos de combustíveis.

“O valor reflete a média aritmética dos preços de diesel rodoviário, sem tributos, praticados pela Petrobras em suas refinarias e terminais no território brasileiro. Este novo período do Programa de Subvenção continua a prever o ajuste nos preços médios regionais (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Norte sem Tocantins e Nordeste com Tocantins). A companhia continuará a análise econômica do programa de subvenção para os períodos subsequentes”, informou a estatal.

O novo valor vai vigorar até 28 de novembro, quando será novamente recalculado.

Comente

Governo Robinson inicia transição para Fátima Bezerra

30/10/2018

Governador publicou no DOE normativa para transição entre equipes

O processo de transição entre governadores teve inicio nesta terça-feira (30) por meio de um decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), que normatiza a transição do governo Robinson Faria (PSD), que deixará o executivo estadual, e o governo Fátima Bezerra (PT) que começará em Janeiro de 2019.

O decreto dispõe sobre a atuação dos órgãos e entidades da administração pública durante o processo de passagem de um governo para o outro com o objetivo de garantir os princípios de responsabilidade e transparência da gestão fiscal.

Todo o processo será dirigido pelo próprio governador, com auxílio do Gabinete Civil. Segundo a publicação, a nova governadora poderá indicar a comissão de transição, a qual terá acesso, mediante requerimento formal, a todas as informações sobre as contas públicas, programas e projetos do governo.

A indicação será feita mediante comunicação oficial ao governador, que definirá o coordenador, que solicitará as informações dos órgãos e entidades da administração. A comissão do atual governo será instituída tão logo seja proclamado o resultado oficial das eleições e deverá ser encerrada com a posse da governadora.

Os membros da comissão de transição não receberão remuneração pelas atividades desenvolvidas, salvo no caso de ser servidor público, aos quais serão asseguradas as remunerações e vantagens que já percebiam.

Saiba quais as informações a serem repassadas (Via DOE)

Devem ser disponibilizados à comissão de transição, em até quinze dias após a solicitação, os seguintes documentos e informações:

I – Plano Plurianual (PPA);

II – Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício seguinte, contendo os Anexos de Metas Fiscais e de Riscos Fiscais;

III – Projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) ou, se for o caso, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício seguinte;

IV – O mais recente Balanço Geral do Estado;

V – Demonstrativo dos saldos disponíveis transferidos do exercício findo para o exercício seguinte;

VI – Demonstrativo dos restos a pagar, distinguindo-se os empenhos liquidados/processados e os não processados referentes aos exercícios anteriores daqueles relativos ao exercício findo, com cópias dos respectivos empenhos;

VII – Demonstrativos da Dívida Fundada Interna e Externa, bem como o cronograma de pagamento para o exercício seguinte;

VIII – Relações dos documentos financeiros, decorrentes de contratos de execução de obras, consórcios, parcelamentos, convênios e outros não concluídos até o término do mandato atual;

IX – Relação dos incentivos fiscais concedidos, contendo ainda as condições e requisitos exigidos para a sua concessão, os tributos a que se aplica e, sendo caso, o prazo de sua duração;

X – Termos de ajuste de conduta firmados;

XI – Termos de gestão firmados;

XII – Relação de contratos de aluguel de bens móveis, imóveis e de serviços;

XIII – Relação atualizada dos bens móveis e imóveis que compõem o patrimônio do Poder Executivo;

XIV – Relação de almoxarifados e seus respectivos estoques;

XV – Relação e situação dos servidores, em face do seu regime jurídico e quadro de pessoal regularmente aprovado por lei, para fins de averiguação das admissões efetuadas;

XVI – Cópia dos relatórios da Lei de Responsabilidade Fiscal referentes ao exercício findo, contendo os Anexos do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do 5º bimestre e os Anexos do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do 2º quadrimestre/1º semestre, bem como cópia das atas das audiências públicas realizadas;

XVII – Relação dos precatórios;

XVIII – Relação dos programas (softwares) utilizados pela Administração Pública;

XIX – Demonstrativo das obras em andamento, com resumo dos saldos a pagar e percentual que indique o seu estágio de execução;

XX – Relatório circunstanciado da situação atuarial e patrimonial dos órgãos previdenciários. Fonte Portal Noar.

Comente

‘MUY AMIGOS. SOBROU PARA O PEDISTA’: Petistas dizem que Ciro foi ‘egocêntrico’ e contribuiu para vitória de Bolsonaro

29/10/2018

Eleições 2018

Após votar, em Fortaleza, Ciro Gomes disse que não pretende nunca mais fazer campanha com o PT Foto: Jarbas Oliveira / Agência O Globo

Integrantes da direção do PT acusam o candidato derrotado no primeiro turno, Ciro Gomes (PDT), de ter contribuído para a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) ao colocar conveniências pessoais na frente dos interesses do país. Embora o partido tenha trabalhado para ter um apoio de Ciro à candidatura de Fernando Haddad no segundo turno, o candidato do PDT disse, no domingo, que “nunca mais” fará campanha com o PT .

– Ciro perdeu uma oportunidade de se consolidar com uma liderança política nesse campo da esquerda. Foi egocêntrico e pensou no processo (eleitoral) de 2022 – afirmou Márcio Macedo, um dos vice-presidentes do PT.

Macedo entende que o pedetista fez um cálculo político errado porque “se Bolsonaro colocar em prática o que vem defendendo o país não terá as instituições com a liberdade que tem hoje”.

– Líder não tergiversa nos momentos difíceis e ele tergiversou. Ele botou os interesses no lugar dos interesses do país.

Tesoureiro do PT e um dos coordenadores da campanha de Fernando Haddad, Emidio de Souza também atacou Ciro.

– Ele contribuiu para esse resultado. Fez isso porque quer liderar a oposição. Porque ele quer ser candidato a presidente em 2022. Na minha opinião,colocou o interesse pessoal dele nas frentes dos interesses do país e da grave crise democrática que nós ameaça.

No domingo, Ciro já havia reagido às críticas feitas pelo PT por não ter dado apoio explícito a Haddad. Ao votar, em Fortaleza, disse que não estava neutro, apenas não pretendia fazer campanha com o PT:

– Se depender de mim, PT nunca mais. Meu caminho é o de fazer oposição, temos que desarmar essa bomba odienta que se instalou no país, essa polarização. Fez com que o Brasil parasse – disse o ex-presidenciável, que ficou em terceiro lugar no primeiro turno.

Também no domingo, Haddad criticou Ciro Gomes e disse que é preciso “olhar para os brasileiros que tiveram postura de honradez” .

– Vamos olhar para os brasileiros que tiveram, num momento dificil da vida nacional, uma postura de honradez defendendo o Brasil e a democracia – afirmou, ao ser perguntado se o apoio de Ciro poderia lhe ajudar a conquistar votos.

O Globo

Comente

Poço Branco: o Pré Candidato a Prefeito Edinho e Correligionários fizeram Passeata ao Lado do Povo pelas Ruas da Cidade com a Vitoria de Fatima expressiva na

29/10/2018

Passeata e Carreata agradecimento pela Vitoria do Povo de Poço Branco.

O Povo de Poço Branco sai em passeata e carreata pelas Ruas da Cidade ao Lado de Edinho e Correligionários em uma demonstração de alegria pela Vitoria no Primeiro Turno e Agora no segundo Turno da Governadora Eleita Fatima, com o Apoio do Pré Candidato a Prefeito Edinho e de Corregionarios Amigo e o Povo com a vontade de Mudança de verdade Rumo a 2020 com muita Humildade e sabedoria ao lado do Povo de Poço Branco/RN.

quando o Povo quer é assim.

Comente

Bolsonaro recebeu ligação de Trump

29/10/2018

Eleições 2018

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) recebeu ligação do presidente dos EUA, Donald Trump, após a vitória.

“Acabou de nos ligar e nos desejou boa sorte e, obviamente, foi um contato bastante amigável”, disse Bolsonaro.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, também confirmou a ligação do mandatário americano para parabenizá-lo pela eleição.

Comente

PESO IMPORTANTE: Na única região em que saiu derrotado, Bolsonaro obteve no Nordeste quase 9 milhões de votos válidos

29/10/2018

Eleições 2018

Exceto o Nordeste, todas as demais regiões deram vitória a Bolsonaro. Nesses casos, a diferença foi maior no Sul. O presidenciável do PSL teve 68,2% dos votos válidos contra 31,8% de Haddad. Por outro lado, a disputa ficou mais apertada no Norte, onde o candidato do PT conquistou 48,2% do votos válidos e Bolsonaro, 51,8%.

Embora derrotado na região Nordeste, os 30,3% dos votos recebidos foram também de suma importância para a vitória expressiva do capitão, ao somar  8.824.421(oito milhões oitocentos e vinte e quatro mil quatrocentos e vinte um votos).

Comente

Número de servidores públicos no RN cresce 23% entre 2012 até este ano

29/10/2018

Dados Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, nas esferas federal, estadual e municipal, o número total de funcionários públicos

Maior parte dos servidores públicos está no setor educação na rede estadual

O número de funcionários públicos no Rio Grande do Norte, sejam eles de órgãos federais, estaduais ou municipais, aumentou 23% entre os anos de 2012 e 2018, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Estado registra, até setembro deste ano, um contingente de 253 mil servidores estatutários, o que representa 19% do total da força de trabalho entre os potiguares, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Em 2012, o número de trabalhadores do serviço público era de 190 mil pessoas.

A parcela de participação dos servidores da rede pública na massa de trabalhadores é a maior dos últimos seis anos. Em 2012, os funcionários públicos eram 15,6% de todos os empregados no Estado. O valor ficou estável até 2016, quando a porcentagem alcançou 16,6%.

O maior número de servidores está registrado na rede estadual: 52.184 funcionários ativos, de acordo com informações do Portal da Transparência do Governo do Rio Grande do Norte. Em agosto deste ano, a folha salarial foi de R$ 387 milhões.

A área com o maior número de servidores da rede estadual é a educação. A área contempla um total de 21.167 servidores. Em segundo lugar, está a saúde, com 12.540 profissionais. O terceiro posto fica com a Polícia Militar, que contabiliza 7.590 pessoas.

A Prefeitura do Natal, segundo o Portal da Transparência, tem 16.358 servidores ativos. Em agosto, a folha salarial somou cerca de R$ 67 milhões. A média de idade dos servidores é de 39 anos, tanto para homens quanto para as mulheres.

Contudo, no plano estadual, o número de ativos foi superado pelo número de inativos. Hoje, os aposentados e pensionistas somam 52.434 pessoas. A tendência é de que esta diferença se aprofunde ao longo dos anos. Números do Ministério da Previdência mostram que a média de idade dos servidores é de 51 anos para as mulheres e de 47 para os homens.

Ou seja, em pouco mais de 10 anos, boa parte do funcionalismo público irá se aposentar. Somente com os pagamentos de inativos o Rio Grande do Norte gasta mais de R$ 240 milhões por mês. Com isso, a cada R$ 1 de receita líquida, cerca de R$ 0,40 vão para os aposentados. Fonte Agora RN.

Comente

Temer: tenho convicção de que Bolsonaro fará um governo de muita paz e harmonia

29/10/2018

O presidente Michel Temer disse que a transição entre os governos terá início amanhã e que o processo já está todo formatado

Presidente Michel Temer

O presidente Michel Temer (MDB) disse acreditar que seu sucessor eleito neste domingo, Jair Bolsonaro (PSL), fará um governo de “muita paz e harmonia” e irá pacificar o País. “Tenho convicção de que ele fará um governo de muita paz e harmonia que é o que nosso País necessita”, disse Temer, nesta noite, no Palácio da Alvorada. Momentos antes, Temer havia telefonado para cumprimentar o capitão reformado pela vitória nas urnas, em uma conversa breve.

 

Ainda durante seu pronunciamento, Temer disse que a transição entre os governos terá início amanhã e que o processo já está todo formatado. O processo será feito fisicamente no prédio do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília. O emedebista disse que ofereceu a Bolsonaro e sua equipe a Granja do Torto também, caso o presidente eleito ache necessário.

Sobre as eleições, Temer ressaltou que o povo exerceu neste domingo “seu poder”, “com tranquilidade e soberania”.

Temer assumiu a Presidência da República de forma definitiva em 31 de agosto de 2016, após o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) da qual ele era o vice. 

Comente

Voo com 188 pessoas cai no mar após a decolagem na Indonésia

29/10/2018

Não há informações sobre vítimas ou sobreviventes

Por Estadão Conteúdo

Um avião com 188 pessoas a bordo caiu no mar logo após a decolagem em Jacarta, capital da Indonésia, na manhã desta segunda-feira, 29 (horário local). A aeronave da companhia Lion Air tinha 181 passageiros a bordo, incluindo uma criança e dois bebês, e sete tripulantes. Não há informações sobre vítimas ou sobreviventes.

O avião, um Boeing 737-800, voo JT 610, desapareceu dos radares 13 minutos depois de decolar do aeroporto de Jacarta, às 6h20 locais (noite de domingo em Brasília), com destino à cidade de Pangkal Pinang. Segundo autoridades, o avião caiu após atingir 5 200 pés (1.580 metros), e agora estaria no mar, a 35 metros de profundidade.

O chefe da Agência Nacional de Busca e Resgate do país, Muhammad Syaugi, disse, em entrevista coletiva, que os mergulhadores estão tentando localizar destroços da aeronave. A agência de desastres da Indonésia postou fotos de celulares esmagados, livros, bolsas e partes da aeronave que foram coletadas por navios de busca e salvamento.

Esse é o pior acidente aéreo do país desde o voo da AirAsia, de dezembro de 2014, que matou todas as 162 pessoas a bordo.

Comente

Policiais entram em confronto com membros de facção no Mosquito

29/10/2018

Policiais apreenderam armas e drogas durante a ação

A Polícia Militar (PM) entrou em confronto com bandidos de uma facção criminosa na noite deste domingo (28), na “Comunidade do Mosquito”, localizada na zona Oeste de Natal. Os policiais receberam uma denúncia anônima que um grupo armado faria atentados durante a apuração das eleições.

O Batalhão de Polícia de Choque (PBChoque) foi acionado e ao chegar na comunidade foi recebido a tiros por um grupo de criminosos. Os policiais revidaram ao ataque e feriram um dos criminosos.

O suspeito foi identificado na comunidade como “Alemão”, que foi conduzido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho, mas morreu no local. Os policiais apreenderam durante a ação duas carabinas, maconha, material usado para embalagem de drogas, munições de diversos calibres e um facão.

Os policiais seguiram fazendo rondas pela região, mas ninguém foi preso. Portal Noar.

Comente

Votação no exterior é encerrada em 33 países

28/10/2018

Eleições 2018

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou há pouco que a votação para eleitores brasileiros que estão no exterior foi encerrada em 33 países. De acordo com o TSE, o balanço se refere aos locais de votação que estão à frente no fuso horário.

Os primeiros países a encerrarem a votação foram Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Timor Leste,  Indonésia, Vietnã, Tailândia, Índia, Nepal, Omã, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Israel, Palestina e Rússia.

Os 500 mil eleitores que estão aptos a votar fora do país em 99 nações votaram somente para presidente da República. O resultado da votação no exterior será divulgado somente após o término da votação no Brasil. Fonte Agencia Brasil.

Comente